Unidades de Conservação recebem cadeiras de trilha adaptadas para pessoas com deficiência

Ação, do Governo de São Paulo, faz parte do Programa Cidade Acessível e beneficia 15 Unidades de Conservação de São Paulo.

A secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, e o diretor executivo da Fundação Florestal, Rodrigo Levkovicz, que representou também o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, estiveram presentes, no último sábado (8), no Parque Estadual do Jaraguá, para a cerimônia de entrega das cadeiras de trilha adaptadas para Unidades de Conservação do estado de São Paulo.

Serão entregues kits com três cadeiras de trilha adaptadas para cada Unidade de Conservação, possibilitando que pessoas com deficiência física e pessoas com dificuldade de locomoção possam participar das trilhas e ter a mesma experiência de outras pessoas.

A ação faz parte do Trilha Acessível, projeto que integra o Programa Cidade Acessível da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que vai equipar trilhas de cidades turísticas e Unidades de Conservação ao longo do ano. Além disso, os monitores dos parques irão receber a capacitação realizada pela ONG Inclusão Radical para uso dos equipamentos.

Além do Parque Estadual do Jaraguá, os equipamentos serão entregues aos Parques Estaduais: Serra do Mar; Ilha do Cardoso; Nascentes do Paranapanema; Caverna do Diabo; Prelado; Ilha Bela; Campina do Encantado; Furnas do Bom Jesus; Itinguçu; Rio Turvo; Vassununga; Carlos Botelho; Morro do Diabo, Ilha Anchieta, entre outras.

As cadeiras de trilha estarão disponíveis para utilização a partir de fevereiro deste ano, e as informações sobre agendamento para utilização dos equipamentos devem ser consultadas em: clique aqui.