Setor produtivo de Ribeirão Preto realiza ato público contra regressão no Plano SP

Em protesto contra a instabilidade do Plano São Paulo e as medidas que têm sido tomadas pelo governador João Doria de forma generalizada em relação às diferentes realidades das regiões administrativas do Estado, entidades de classe que representam empresários e trabalhadores de diversos setores prejudicados corroboram com a realização de um ato público nesta sexta-feira (8), a partir das 14h30, na esplanada do Theatro Pedro II.

Apoiam a manifestação: Abrasel – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, ACIRP – Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto, CDL Ribeirão Preto – Câmara de Dirigentes Lojistas, Sincovarp – Sindicato do Comércio Varejista de Ribeirão Preto e Região, Sincomerciários – Sindicato dos Empregados do Comércio de Ribeirão Preto, Sindicato dos Trabalhadores de Hotéis, Motéis, Restaurantes, Bares e Fast Food e SHRBS – Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares.

O ato é aberto a qualquer outra entidade classista que queira se manifestar. É de extrema importância que os participantes usem máscara de proteção e respeitem o distanciamento.