Leve uma blusa

Frase muito dita por mães, principalmente no frio. Entretanto, para a pratica de esporte é fundamental, ainda mais nesta época do ano. Em Curitiba, o inverno ainda não chegou, mas a temperatura marca perto dos 10 graus. Assim para aqueles que gostam de correr e se exercitar em parques ou na rua, devem ter cuidado, pois, o frio pode ocasionar problemas cardiovasculares e físicos graves.

De acordo com a revista Sociedade Paulista de Cardiologia (Socesp), publicou uma pesquisa em 2009, em que temperaturas menores de 14 graus, o risco de infarto aumentava em 30%. Assim todo cuidado deve ser prestado atenção. Desde ao vestuário e alongamento, até nas refeições.

No vestuário; o tênis deve ser confortável para a atividade programada; meias especificas para a atividade desejada, de preferência sintéticas; camisetas confortáveis, pois, no frio é importante se proteger e reter o calor, sendo a mesma dica para calças, toucas e luvas.

A refeição é um fator determinante na prática do exercício físico como ressalta o nutrólogo Maximo Asinelli, da Clínica Asinelli, em Curitiba, “de preferências a alimentos saudáveis, ricos em carboidratos, gorduras monoinsaturadas e vitaminas”, ou seja, prefira alimentos que ajudam na energia do atleta e por serem saudáveis não farão mal à saúde. Alguns alimentos elencados pelo nutrólogo, entre alguns deles:

  • Gorduras Monoinsaturadas: abacate, amendoim e alguns tipos de nozes;
  • Antioxidantes: azeite de oliva, mamão e abacaxi;
  • Ômega 3: sardinha, atum e salmão;
  • Selênio: sementes de chia, repolho e cogumelos;
  • Vitamina C: o limão, a laranja e o abacaxi, tomate, a abóbora moranga, a manga, o kiwi e a goiaba.

O nutrólogo ressalta que estes alimentos em conjunto atuam de forma complementar ao reparo do desgaste físico provocado pela atividade desejada e acompanhamento profissional é recomendado, pois, cada caso é diferente do outro.