ONG com foco no artesanato brasileiro, fundada pela antropóloga Ruth Cardoso, convida para o Leilão Artesol 2020

O tradicional Leilão de Arte Popular, realizado anualmente em parceria com o Grupo Iguatemi para arrecadação de fundos da organização, será promovido pela primeira vez de forma virtual, através da plataforma iArremate.com, com a colaboração do leiloeiro Aloísio Cravo.

Curadores: EDNA PONTES, THOMAS BACCARO E WALDICK JATOBÁ. Entre os artistas que terão obras no leilão estão: CARLITO CARVALHOSA, TONICO LEMOS AUAD, SIL E NOEMISIA.

F0cada em apoiar artesãos tradicionais de todo o território nacional, a organização Artesol vai lançar o leilão virtual na plataforma Iarremate.com com o leiloeiro Aloísio Cravo no próximo dia 20. Nessa edição, que acontece pela primeira vez de forma virtual, o evento contará com peças de arte popular, arte contemporânea e objetos de design criados exclusivamente para o leilão, que está sob a curadoria de Edna Pontes, Thomas Baccaro e Waldick Jatobá.

A grande maioria das peças que serão leiloadas foram doadas por artistas, designers e colecionadores que se juntaram nessa iniciativa com a Artesol para apoiar artesãos e artistas populares nesse momento delicado de pandemia.

“Essa ação terá um papel fundamental para manter a ONG ativa dando, suporte a centenas de artesãos que se encontram totalmente vulneráveis em consequências da crise econômica provocada pelo COVID – 19”, explica Sonia Quintella, presidente da Artesol.

Entre os artistas que doaram obras para o leilão estão Carlito Carvalhosa, e Tonico Lemos Auad. A proposta é fortalecer associações e cooperativas de todo país, apoiando a preservação de saberes e técnicas artesanais que correm o risco de deixarem de existir por falta de valorização cultural e econômica.

Mais sobre a Artesol

A ONG Artesol foi fundada há 22 anos pela antropóloga Ruth Cardoso (1930-2008). Nestes anos já realizou 247 projetos de capacitação, beneficiando mais de 60 mil pessoas. É membro da World Fair Trade Organization – WFTO e credenciada na UNESCO – integrando o Comitê de Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial. Sua missão é apoiar a salvaguarda do fazer artesanal de tradição cultural, promovendo a autonomia dos artesãos e o desenvolvimento socioeconômico de suas comunidades. O projeto central da organização é a Rede Artesol, uma iniciativa pioneira e inovadora que mapeia, capacita, divulga e conecta artesãos de todo o país ao mercado através de uma moderna plataforma virtual.